Vida de criança: Dicas para evitar acidentes domésticos

Caroline e Daiane || 8 de Outubro 

   Quem tem criança em casa sabe que todo cuidado é pouco, elas são bastante curiosas e gostam de tocar, sentir e explorar espaços e objetos da casa. Normalmente consideramos o ambiente doméstico como um local seguro para as crianças e é nele que elas passam a maior parte do tempo, porém neste ambiente encontram-se objetos que representam um grande potencial de risco de acidentes.

Gettyimages

   Quando um bebe nasce, os responsáveis passam por diversas transformações, desde seu estilo de vida até as adaptações que devem ser feitas na casa para assim evitar acidentes. A ONG Criança Segura (2018) afirma: “Acidentes são hoje a principal causa de morte de crianças de um a 14 anos no Brasil. Todos os anos, cerca de 3,6 mil crianças dessa faixa etária morrem e outras 111 mil são hospitalizadas devido a essas causas no país.”

Mortes por acidentes (2017)

Internações por acidentes (2018)

Gráfico disponibilizado pelo ministério da saúde. Fonte: ONG Criança Segura
Gráfico disponibilizado pelo ministério da saúde. Fonte: ONG Criança Segura

   A revista Crescer (2017) cita que, segundo a Sociedade Brasileira de Pediatria existem tipos de ocorrências que são mais comuns em determinadas idades, os acidentes mais comuns de 0 a 1 ano são quedas que podem ser da cama ou do colo, asfixia, sufocação, intoxicação e queimaduras. Já dos 2 aos 4 anos além dessas eventualidades citadas ainda existe a possibilidade de choque elétrico, afogamento e traumas. Dos 5 a 9 anos todas essas causalidades são possíveis de acontecer, bem como, atropelamentos.

Gettyimages

   Reunimos algumas dicas que a ONG Criança Segura recomenda para a prevenção de acidentes domésticos com crianças

BANHEIRO

Gettyimages

   Pode parecer que não, mas se você parar e pensar, vai ver que neste ambiente é possível acontecer inúmeros acidentes, como afogamentos, intoxicações, choque elétrico, cortes e até mesmo queimaduras. Para evitar tudo isso é importante:
Manter a tampa do vaso sanitário fechada, nunca deixar a criança sozinha na banheira, antes do banho verifique a temperatura da agua para evitar eventuais queimaduras

  • Coloque tapetes antiderrapantes
  • Não deixe aparelhos eletrodomésticos, nem mesmo, lâminas de barbear, tesouras, medicamentos ou produtos tóxicos ao alcance das crianças e se não for possível mantenha a porta do armário trancada.
  • Caso não for possível as adaptações anteriores, mantenha sempre a porta do banheiro fechada.

COZINHA

Gettyimages

   Como podemos imaginar é neste ambiente que pode acontecer as queimaduras mais graves, assim como outros acidentes, então veja as dicas abaixo:

  • Procure usar sempre as bocas traseiras do fogão e certificar-se que os cabos das panelas estejam virados para dentro, mantenha a chave do gás fechada quando não estiver utilizando, se o forno estiver ligado não deixe a criança por perto, coloque travas na porta para que a criança não abra e suba em cima e corra o risco do fogão cair em cima dela.
  • Procure manter fora do alcance das crianças produtos que são normalmente encontrados na cozinha como: fosforo, isqueiros, álcool, vidros, cerâmicas além de sacolas plásticas.
  • Coloque travas nas gavetas onde possua objetos cortantes e pontiagudos.
  • Caso possua mesa em sua cozinha evite utilizar toalhas compridas, pois as crianças podem puxar derrubando líquidos quentes, facas, vidros dentre outros objetos perigosos.
  • Mantenha os produtos de limpeza fora do alcance dos pequenos
  • Evite deixar bancos onde a criança possa subir.

SALA

Gettyimages

   A sala parece ser o ambiente da casa mais inofensivo para as crianças, mas não é bem o que acontece, neste local é possível encontrar diversos perigos, segue algumas dicas de como prevenir acidentes na sala:

  • Cuidado com os pisos escorregadios, bem como, tapetes, prefira utilizar os que são antiderrapantes ou então retire-os do ambiente. Ainda certifique-se de que o chão esteja livre de pequenos objetos que podem ser facilmente engolidos.
  • Coloque portões de segurança na base e no topo de escadas, caso seja aberta instale redes de proteção.
  • Instale grades de proteção em sacadas, mezaninos e janelas. Para aqueles que utilizam cortinas ou persianas é preciso se atentar pois as cordas e amarradores trazem risco de estrangulamento. Além disso mantenha moveis longe das janelas e cortinas, pois as crianças podem usar para escalar.
  • Tome cuidado com as quinas dos moveis, utilize protetores.    Outro ponto importante são os objetos de decoração que possam se quebrar, mantenha fora do alcance das crianças.
    Outro fator que pode oferecer risco para a criança são fios elétricos desencapados e tomadas, proteja-os utilizando tampas, fitas isolantes ou esconda-os atrás dos moveis.

QUARTO

Gettyimages

   Assim como os outros ambientes, o quarto pode oferecer riscos de acidente. E várias dicas podem ser seguidas para evita-los.

  • Caso possua beliche, as crianças menores devem dormir na cama de baixo, ou então instale grades de proteção nas laterais. Para os berços verifique se as grades estão bem colocadas, prefira os com pés fixos ou trava nas rodas.
  • Cuidado com travesseiros, lençóis, cobertas e bichos de pelúcia, pois eles podem causar sufocamentos, principalmente com os bebes.
  • Ao escolher brinquedos, busque específicos para a idade e que sejam certificados pelo INMETRO.
  • Posicione camas ou outros moveis longe das janelas, use protetores nas quinas afiadas e deixe chaves do quarto ou de armários longe das crianças para evitar que elas se tranquem acidentalmente.
  • É imprescindível que em sobrados e apartamentos as janelas dos quartos tenham grades ou redes de proteção.

ÁREA DE SERVIÇO OU LAVANDERIA

Gettyimages

   Este é o local onde se encontra os maiores perigos de intoxicações e afogamentos, dicas podem ser seguidas para que isso não aconteça.

  • Evite deixar baldes ou bacias com água, guarde-os virados para baixo
  •  Mantenha a tampa de maquinas de lavar fechadas ou com travas, evite deixar bancos espalhados para que a criança não suba perto do tanque e eventualmente se afogue ou derrube-o em cima de si mesmo.
  • Os produtos de limpeza devem ser mantidos nos recipientes originais para não confundir as crianças e guardados em locais altos e trancados.
  • Procure deixar as ferramentas em armários trancados ou onde a criança não tenha acesso.

GARAGENS, PISCINAS OU ÁREAS EXTRNAS

Gettyimages

   São ambientes que oferecem muitos riscos para as crianças, sendo necessário muita atenção e é recomendável que estejam sempre acompanhadas de adultos.

  • As garagens não são locais para brincar. Ao manobrar o carro certifique-se de que não tenha nenhuma criança por perto. Lembre-se de sempre trancar o carro especialmente porta-malas, chaves e controles devem ficar fora do alcance das crianças.
  • Piscinas devem ser protegidas com cercas de no mínimo 1,50 m e que não sejam facilmente escaladas. Quando as crianças estão na piscina devem sempre ser supervisionadas por adultos, piscinas infantis devem ser esvaziadas e guardadas longe do alcance das crianças.
  • Nas áreas externas tome muito cuidado com plantas venenosas que podem ser ingeridas ou pedras pequenas. Se tiver algum animal que seja bravo deixe-o em um local onde a criança não tenha acesso sozinha.
  • Cuidado com portões destrancados ou abertos, a criança pode sair para a rua e ser atropelada.

   Adaptar a casa para a segurança das crianças é indispensável, pois eles são curiosos e gostam de explorar coisas novas como dito anteriormente, para que eles estejam sempre seguros, busque profissionais ou empresas que possam fazer as devidas adaptações na casa ou no apartamento. No Quem contrato você encontra diversos profissionais para o trabalho que você precisa, desde instalação de redes de proteção até pequenas reformas, e tudo isso de uma forma rápida e prática.

REFERÊNCIAS:

MACAGNAN, Manuela. Acidentes domésticos com crianças: A maioria dos episódios acontece dentro de casa. Evite essas situações e saiba como acudir seu filho, se necessário.. 2017. Disponível em: <https://bebe.abril.com.br/saude/acidentes-domesticos-com-criancas/>. Acesso em: 04 fev. 2019.
ACIDENTES com crianças dentro de casa. 2018. Disponível em: <https://soumamae.com.br/acidentes-com-criancas-dentro-de-casa/>. Acesso em: 04 jan. 2019.


CONHEÇA os dados sobre acidentes. Disponível em: <https://criancasegura.org.br/dados-de-acidentes/>. Acesso em: 04 jan. 2019.

Compartilhar:

Caroline Silva e Daiane Bragantine

Somos comunicadoras, apaixonadas por coisas que facilitam nossa vida 😉

Instagram
Instagram has returned invalid data.
Fechar Menu